Mais do que um gesto de caridade ou solidariedade, adotar uma criança ou um adolescente, é um ato de amor e muita responsabilidade. É um desafio, tanto para quem adota tanto para quem é adotado, que traz muitas recompensas positivas e sentimentos bons.
Hoje em dia, a melhor maneira de proteger e integrar uma criança em uma família substituta é através da adoção. Ao contrário dos filhos biológicos, os adotivos podem dizer com toda certeza que foram escolhidos a dedo e que os pais os querem sempre por perto.

E é isso que o filme De Repente Uma Família, traz aos espectadores.
Baseado em sua vida pessoal, o roteirista e diretor de sucesso Sean Anders, conta a história do jovem casal Ellie e Pete – interpretados por Mark Wahlberg e Rose Byrne respectivamente.

Chega um momento no casamento, que os apaixonados se perguntam se precisam e querem algo mais. Um pouco em dúvida, e incertos se querem se tornar pais, acabam por decidir adotar uma criança. Mas, não é uma situação tão simples, fácil e rápida como alguns pensam.

Mesmo havendo inúmeros casais interessados e crianças e adolescentes disponíveis, o processo de adoção ainda é demorado e passa por inúmeros passos como mostra no filme De Repente Uma Família.
Além de ter no mínimo 18 anos, a diferença de idade entre os pais e a criança a ser adotada é de 16 anos. Apresentar documentos como CPF – Cadastro de Pessoa Física, certidão de casamento, comprovante de residência e renda, e atestado médico de sanidade física e mental e a realização de um curso obrigatório, são exigências feitas ao casal.

Depois de encaminhada a documentação necessária a Vara da Infância e Juventude do município onde moram, o casal é submetido a esse curso preparatório. Nele é feita uma avaliação psicossocial, e quando comprovada a participação, depois enviada ao Ministério Público e ao juiz da Vara da infância e juventude, o casal tem acesso aos históricos das crianças.

Quando Ellie e Pete, vão a uma feira de encontros de adultos e menores sem um lar, acabam se apaixonando por Lizzy – Isabela Moner, e decidem adota-la. Porém junto à garota, o casal ganha mais dois filhos, Juan e Lita – Gustavo Quiroz e Julianna Gamiz respectivamente, que são irmãos da adolescente.

Em meio a toda burocracia e drama que mostra o filme De Repente Uma Família, o autor traz também o lado engraçado e maluco de se ter uma família, como é a marca de seus filmes. Com três crianças em sua vida, o dia a dia de Pete e Ellie são alterados.
Uma adolescente com forte opinião, um garotinho emocional e uma menininha geniosa farão com que os novos pais passaram por poucas e boas, até se adaptarem à rotina novamente.

Cenas alternando entre risadas e choros, é a marca do filme De Repente Uma Família. Nele, o autor busca prender a atenção de seu público e mostrar o quão grandioso e nobre é o ato de trazer uma criança ou adolescente a sua vida. Adotar é escolher amar alguém, é se entregar, é mais do que isso: é devolver as crianças a vida que lhes foram tiradas.

ASSISTA O FILME ONLINE CLICANDO AQUI